17
Dom., Nov.
0 New Articles

açorianidade textos
Ferramentas

antologia bilingue de autores açorianos contemporâneos - história breve

i2ios. dos col a fizemos  graciosamente como  r incluida VAO DE AGUIAR foi jo projeto do curso de açorianidades da univ do minhEsta antologia tem uma história curiosa, é a versão reduzida da mesma antologia mas monolingue sendo destinada a todos os lusofalantes de todo o mundo, em especial os da diáspora no Canadá e EUA.

Tudo surgiu num colóquio da lusofonia em 2008 na Lagoa quando se discutia o problema de autores açorianos não serem conhecidos como aconteceu na Maia onde leciono, com o Daniel de Sá que todos sabiam ser professor e não conheciam como escritor. Depois disso, eu e a colega Rosário Girão da universidade do Minho metemos mãos à obra e aqui está.

È uma aposta da editora CALENDÁRIO DE LETRAS e um desenvolvimento natural do que fizemos nos colóquios com osCADERNOS DE ESTUDOS AÇORIANOSlivremente disponíveis em linha (online) para qualquer pessoa poder consultar em www.lusofonias.net extratos de obras de autores de matriz açoriana na sua maioria esgotados ou fora do mercado. Aliás todos os colóquios desde 2008 têm uma HOMENAGEM CONTRA O ESQUECIMENTO em que se recordam as obras de autores açorianos contemporâneos.

 Igualmente se insere no nosso projeto do CURSO DE AÇORIANIDADES na univ do Minho (ministrado de set 2010 a fev 2011 e que terá nova edição em 2012), e nos MESTRADOS E DOUTORAMENTOS DA ROMÉNIA E DA POLÓNIA sob o tema de autores açorianos, bem como noutro projeto dos colóquios que visa TRADUZIR AUTORES AÇORIANOS EM 7 LÍNGUAS (FRANCES, ITALIANO, ROMENO, BULGARO, RUSSO, POLACO E ESLOVENO) e cuja primeira obra O PASSAGEIRO EM TRANSITO DE CRISTÓVÃO DE AGUIAR foi já traduzida em italiano. Seguem-se Daniel de Sá (Deus teve medo de ser homem 1997), e uma recolha de poesia de Eduardo Bettencourt Pinto e Vasco Pereira da Costa.

 

Esperamos que a antologia monolingue venha a ser incluída no PROGRAMA REGIONAL DE LEITURA E NO CURRÍCULO REGIONAL que é para isso que a fizemos graciosamente como é norma dos colóquios.

Outros Vídeos

Popular Tags